INFORMAÇÕES

Galinhos é uma cidade do Rio Grande do Norte e que fica à 160 km da capital Natal. Com paisagens paradisíacas, lagoas e praias de tirar o fôlego, a cidade começa a ser descoberta pelos turistas.

O que tem por perto ?

Galinhos ainda é um paraíso a ser descoberto. É só uma questão de tempo.

Saímos de Natal às 08h30. Em poucos minutos o micro-ônibus já estava na BR406, uma estrada bem conservada apesar de estreita. Uma mão vai e outra volta. Por volta das 11h chegamos ao estacionamento municipal onde embarcamos em um pequeno barco para 50 pessoas. À partir daí, só paisagens maravilhosas e a sensação de que o dia seria sensacional.

A primeira parada foi na Praia do Capim. Bom, capim só no nome. Não há pier e todo mundo teve que molhar os pés e iniciar a caminhada rumo aos buggies. Na paisagem, além da água esverdeada e as areias douradas, uma gigantesca plantação de torres de energia eólica. Entramos no buggy e ripa na chulipa. O passeio não tem fortes emoções como o de Genipabu, mas basta o visual para perder o fôlego. Subimos e descemos as dunas até chegar no Morro do André, uma duna de areia branca, alta e com um visual que explica a sua história: André era um velho pescador que passava os dias sentado no alto do morro apreciando a paisagem. Quando ele morreu, nada mais justo do que batizar aquele local em sua homenagem. Com todo o respeito, mas o André era realmente um cara esperto e de muito bom gosto.

Do Morro do André para o Restaurante da Irene, outro achado. O prato custa R$ 35,00 por pessoa, tipo coma a vontade. Peixe, Bobó de Camarão, macarrão, arroz, tudo simples mas delicioso. Além da comida, o restaurante tem uma belíssima vista das lagoas e barcos. Impossível não fotografar ou caminhar pelas águas quentes.

Dalí embarcamos novamente em direção à Galinhos. Uma explicação: tudo ali faz parte da cidade de Galinhos. Galos, onde fica o Morro do André, Praia do Capim e o Restaurante da Irene é um distrito de Galinhos. Nem todo “Galos” é maior do que “Galinhos” ! (piadinha rápida…sorry)

No pier de Galinhos você encontra os “Uber-Jegue”, carroças puxadas por cavalos ou jegues que te levam direto para o “Farol das Almas”, um pequeno farol localizado na ponta da Península e que foi construído perto do antigo cemitério, daí o nome. Essa história me foi contada pelo piloto da carroça, caso alguém tenha outro nome ou história, por favor, fique à vontade para contar… Enfim, por R$ 20,00 andei de carroça à toda velocidade pela beira mar. Delícia !

A praia de Galinhos também é linda com piscinas naturais e um mar que lembra o Caribe. Tudo estava muito bom, mas já era a hora de voltar para Natal.

Fica a dica: se viajar para Natal, reserve um dia para conhecer e descobrir esse paraíso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *